domingo, 26 de setembro de 2010

I believe I can fly

Onde seria o ponto exato, divisor de águas entre o viva ou deixe viver?

Andei pensando muito a respeito nesses últimos dias, já que, como raramente acontece, me mantive pelo lado de cá, o lado do 'viva!'.

Uma coisa que eu normalmente digo, e que corriqueiramente rege minhas ações é que a minha vida trata-se sempre de um dualismo entre a razão e o coração, onde a razão, incessantemente, insiste em vencer. Sim! Quase como uma regra, um mantra, uma obrigação.

Gostaria muito do 'viver', evitando ultrapassar esse ponto que me leva ao "deixar viver", tão seguro e racional, mas ao mesmo tempo tão sem sal.

Mas um dia, um belo dia, eu venço todo esse paradigma, aprendo a levar as coisas mais levemente e, só assim, viverei com maior frequencia momentos mais simples e alegres, que darão um tempeiro doce e mágico a toda a essa ciência em que comumente estou a viver.





" I believe I can fly
I believe I can touch the sky
I think about it every night and day
Spread my wings and fly away
I believe I can soar
I see me running through that open door
I believe I can fly"


(F. Kelly)









Hévi

8 comentários:

Beatriz Amorim disse...

Oi Hévi! (:
Muito legal o seu blog!
A nossa diferença é que eu sou mais coração que razão! Seria ideal o equilíbrio, mas quem é que tem isso? kkkkk

beeijos

AVOGI disse...

também gosto muito do poema e da música. kis :)

AVOGI disse...

hevi
fiz-me sócia/seguidora do teu blogue. agora vês-me sempre ali ao lado. ki s:)

Espaço do João disse...

Viva e deixe Viver. A razão da nossa vida é a razão de viver.A força da nossa razão é a razão da nossa força.

Quanto à minha amiga dizer que nunca viu um marmelo, acho estranho. Nós por cá quando não apreciamos uma pessoa, apelidamos de " marmelo".

Grato pela passagem no " Espaço do João".

J.J. disse...

A vida é uma montanha-russa e merece ser vivida com toda a intensidade!

Patty disse...

Viver um dia de cada vez, é o meu lema. Não stressar.
Adoro este poema e musica.
Bjocas

Sika disse...

Nossa, fiz desse post meu!
Me vi em tantas palavras ai.
Mas as vezes sinto que sou de momento sabe?
Tem vezes que falo e faço algumas coisas que se fosse racional, nunca faria.

Acho que é assim que a gente vai levando a vida...vamos nos adaptando.

Beijoks!

Olga disse...

Acreditar é sempre o primeiro passo para se conseguir o que se pretende. Beijinhos grandes.